Sobre Rio Bonito
» História de Rio Bonito
» Geografia de Rio Bonito
» Hino de Rio Bonito
» População de Rio Bonito
» Personalidades de RB
» Turismo de Rio Bonito
» Mapa de Rio Bonito
Comércio e Serviços de Rio Bonito
» Alimentos e Bebidas
» Animais
» Beleza e Estética
» Casa e Decoração
» Colégios e Cursos
» Comer Bem
» Comunicação e Propaganda
» Construção e Reforma
» Esporte, Turismo e Lazer
» Festas e Eventos
» Finanças e Negócios
» Informática
» Lojas e Comércio
» Medicina e Saúde
» Moda e Acessórios
» Profissionais e Serviços
» Veículos
Guia RB
» Notícias de Rio Bonito
» Jornal Folha da Terra
» Jornal Gazeta Rio Bonito
» Jornal O Tempo em Rio Bonito
» Entrevistas
» Colunas
» TV Rio Bonito
» Cultura
» Fotos de Eventos
» Blogs de Rio Bonito
» Notícias de RB por e-mail
Comercial :: Guia RB
» Anuncie sua Empresas
» Hospedagem de Sites
» Fale Conosco
 
Anuncie com 50% de Desconto

Continuam faltando fiscalização e respeito

15/04/2012 10:08:21



Continuam faltando fiscalização e respeito aos usuários de ônibus


Não é de hoje que os usuários de ônibus da nossa região reclamam dos serviços prestados pela empresa Rio Ita. Aliás, todas as vezes que esse assunto vem à tona, as mesmas coisas são faladas, mas tudo continua como dantes. A questão do monopólio (realmente um absurdo); a falta de fiscalização aos serviços prestados; suspeitas muito prováveis quanto ao porque desse poder da empresa; entre outras coisas, sempre nos deixam indignados.

Todavia, se existe uma coisa que me aborrece é a tal da desfaçatez, que pode ser traduzida por cinismo ou descaramento. No dia 20 de março, na rede social Facebook, eu leio um texto da nossa leitora Paula Salles, onde ela faz queixas graves sobre a Rio Ita. O que irrita, porém, é o descaso com o usuário e o desinteresse de certos funcionários, que não conseguem refletir a postura simpática do gerente do núcleo Rio Bonito da empresa.

A nossa amiga começa contando que foi embarcar no ônibus das 5h, que tinha como destino a Praça XV. “Só que o horário, hoje, foi antecipado (4min50h)”. De acordo com Paula, o despachante não sabia dizer o motivo da mudança de horário, “e veio com aquela conversa de que ele não resolve nada, porque isso é coisa da garagem”. Para o espanto da nossa heroína, “os motoristas também não sabiam dar explicações”.

A parte, porém, que me deixa mais chateado é a que Paula ressalta ser essa a “milésima” vez que ela vê os horários mudarem sem nenhum tipo de aviso prévio aos usuários. Como se trata de uma pessoa esclarecida, ela telefonou para a garagem e pediu para conversar com o responsável que, “depois de tentar me enrolar, informou que na primeira quinzena do mês os horários são 5h, 5h20min, 5h40min..., e que na segunda quinzena, os horários são 4h50min, 5h15min, 5h40minh (!)”.

Diante da insistência por melhores serviços aos passageiros, o funcionário aconselha que ela telefone todos os dias para a empresa confirmar o horário da saída do ônibus no dia seguinte! “Como assim?”, pergunta estupefata a nossa leitora, que emenda com uma pergunta ainda mais difícil: “quando essa festa da Rio Ita vai acabar?”

Concluo parafraseando a nossa determinada leitora: “o mínimo que se espera de uma empresa de ônibus é que haja horários certos e que eles sejam respeitados”!

Eu ainda teria muito que dizer, sobretudo sobre os organismos fiscalizadores e de controle dessa e/ou outra empresa qualquer, mas talvez seja melhor encerrar por aqui. O que todos nós diríamos sobre isso, sequer é ouvido por quem deveria. De qualquer forma, valeu Paula, por dividir o seu texto conosco e parabéns pela determinação!

Penso que mais pessoas botando a boca no trombone poderiam sensibilizar a empresa a oferecer melhores serviços. Além disso, as reclamações indicam que é urgente a abertura de uma salutar concorrência por aqui.

 

Compartilhe:

Publicidade/Links Patrocinados:

.:: Destaques ::.