Sobre Rio Bonito
» História de Rio Bonito
» Geografia de Rio Bonito
» Hino de Rio Bonito
» População de Rio Bonito
» Personalidades de RB
» Turismo de Rio Bonito
» Mapa de Rio Bonito
Comércio e Serviços de Rio Bonito
» Alimentos e Bebidas
» Animais
» Beleza e Estética
» Casa e Decoração
» Colégios e Cursos
» Comer Bem
» Comunicação e Propaganda
» Construção e Reforma
» Esporte, Turismo e Lazer
» Festas e Eventos
» Finanças e Negócios
» Informática
» Lojas e Comércio
» Medicina e Saúde
» Moda e Acessórios
» Profissionais e Serviços
» Veículos
Guia RB
» Notícias de Rio Bonito
» Jornal Folha da Terra
» Jornal Gazeta Rio Bonito
» Jornal O Tempo em Rio Bonito
» Entrevistas
» Colunas
» TV Rio Bonito
» Cultura
» Fotos de Eventos
» Blogs de Rio Bonito
» Notícias de RB por e-mail
Comercial :: Guia RB
» Anuncie sua Empresas
» Hospedagem de Sites
» Fale Conosco
 
Anuncie com 50% de Desconto

Novo Estatuto dos Servidores de Rio Bonito

17/11/2011 15:49:32

Paula Brito

O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Rio Bonito (SINSMURB), Jorge Carlos Faria Alvieira, afirma que a reformulação do estatuto dos servidores trará benefícios para todos da classe. Segundo ele se o projeto for aprovado antes do período eleitoral será um feito histórico. Presidente do SINSMURB desde outubro de 1997, (ele foi reeleito no último dia 24/10 para um mandato de quatro anos) Jorge diz que as expectativas são sempre as melhores. “A expectativa é de mudanças, mas esperamos também que os governantes sejam menos intransigentes. Nós, como sindicato, temos o dever de fazer a nossa parte, mas também esperamos que eles (os governantes) sejam mais democráticos e abram as portas para facilitar as negociações” disse.

De acordo com Jorge Alvieira, a Prefeitura de Rio Bonito possui aproximadamente três mil funcionários, mas apenas 10% deles são sindicalizados. Ele declara que o grande problema é o comodismo da maioria, pois dos 200 servidores convocados, apenas 20 compareceram às últimas assembléias. “Nós temos dois inimigos, o órgão patronal e o próprio servidor que não se mobiliza para lutar pelos seus direitos”, desabafa Alvieira.

Hoje a principal bandeira reivindicatória do Sindicato é a reformulação do Estatuto dos Servidores e o Plano de Cargos e Salários que servirá para corrigir as distorções salariais. Para isso foi constituída uma comissão que está sendo assessorada pelo IBAM (Instituto Brasileiro de Administração Municipal). Segundo a secretária de Administração Oraliva Carneiro, o novo estatuto está adequado a todas as normas e emendas constitucionais e prevê alguns benefícios que antes não abordava. “O antigo estatuto de 1976 era uma ‘colcha de retalhos’, cada secretário que sentava aqui aplicava o benefício que mais lhe agradava, eram lei avulsas. Agora os novos secretários vão ter que atuar de acordo com o que está escrito. Padronizamos tudo e tivemos o cuidado de acabar com os problemas das administrações anteriores, então regulamentamos e normatizamos tudo o que diz respeito à carreira dos servidores” esclareceu.

O novo Estatuto já foi encaminhado ao chefe do Executivo, e segundo a procuradora municipal, Soraide Borges Motta, agora é só aguardar a aprovação, que depende dos votos da Câmara Municipal. “O servidor já espera esse presente há 35 anos e a expectativa é de que até o fim do ano ele seja aprovado para iniciarmos o ano com motivação” disse.

Facilidades para

os filiados
O Sindicato oferece assistência jurídica a todos os filiados, descontos de 5% em lojas como o Bazar Sensação e a Casa Bonita e está fechando uma parceria com a Marítima Seguros (seguradora de carros). Há ainda projetos para desenvolver planos de assistência odontológica e de saúde, mas segundo Jorge Alvieira esse tipo de benefício traria algum custo para os filiados. “A nossa principal preocupação é que essas parcerias não gerem ônus para o Sindicato e gerem benefícios aos filiados. Mas esse tipo de plano não é de custo zero para o servidor. Um plano de saúde, por mais barato que seja não condiz com a realidade do nosso salário. É muito fácil oferecer plano de saúde ao servidor quando se ganha bem”. Ainda de acordo com ele, a maior parte daqueles que se desligam do Sindicato argumentam que a mensalidade de R$ 10,90 faz falta no orçamento.

Os servidores que se interessarem devem comparecer ao Sindicato, localizado na Rua XV de Novembro no Edifício da Galeria Luanda, número 73, sala 308 e preencher a ficha de inscrição. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 13 às 17h.

Compartilhe:

Publicidade/Links Patrocinados:

.:: Destaques ::.